6.7.08




E foi daqui que o charme do peso para porta nasceu...
Um ventinho encanado, uma brisa mais forte e pronto... bate a porta
irritam-se os ânimos!
Assim também são as variáveis em nossas vidas. Brisas ora amenas, ora intensas que nos fazem pensar na utilidade e funcionalidade das "portas" e logo do que as detém.
Tolices ou não, uma coisa é certa:
se o bater da porta te altera, irrita, incomoda e nao lhe acrescenta em nada, a opção por um peso de "porta" é uma escolha acertada.
Então, para as portas concretas, um charmoso pesinho do Ateliê Dedo de Moça pode ajudar; Já para as várias portas da vida, sugiro sensibilidade, sensatez, conhecimento de quem somos e quem queremos ser são seguramente detentores para essas que teimam tirar nosso sossego.
*
Bom início de semana.


Um comentário:

Carol Montone disse...

queriiiida
que texto criativo e singelo
adorei
seu trabalho é uma porta que se abre para um universo de possiblidades
parabéns
beijosss
t amo
sua irmã Carol Montone